4

A semente de Jesus

Posted by Marcelo Martin on 18:07 in , , , ,

Ao analisar o cristianismo Pós-Moderno, consigo identificar 3 características essenciais:

1. Salvação forçada e condicionada

· Aceite a Jesus , caso contrário, você vai para o Inferno

· Aceite a Jesus e ganhe a cura / dinheiro / casamento

2. Mudança imediata de atitude

· Aparência, linguagem e regras de comportamento

3. Tendência ao agrupamento

· Amigos apenas gospel

· Lugares somente gospel

· Somente nós somos salvos

Ou seja: o cristianismo é resumido pela pós-modernidade como um manual de conduta que nos diz o que é certo ou errado que são percebidos somente no exterior. Esta é a imagem que o jovem cristão pós-moderno mostra para o mundo. Ou melhor: esta é a semente que temos ofericido para as pessoas do mundo. E as consequências destas carcaterísticas são jovens convencidos, simpatizantes sobre a sua salvação. E que se achegam a Deus devido a uma necessidade material/emocinal.

Porém: “E disse-lhes: Ide por todo o mundo, pregai o evangelho a toda criatura”Marcos 16:15

Problema: nestes moldes, não alcaçamos toda a criatura!

Ide e pregai à Ide e plantai a semente do Evangelho

A semente de Jesus: viva e eficaz. Ao analisar a vida de Jesus quando esteve neste mundo, percebemos que Ele plantou a semente em todo o tempo e em todas as pessoas que cruzavam com Ele. Sua semente não possuia uma única forma: ela falava, tocava, chorava. Isso porque Ele queria alcançar a todos.

Detalhe: Jesus não voltava conferir se a semente havia dado fruto. Isso porque Ele possuía fé que a sua semente era viva e eficaz para que, no tempo certo, desse o seu devido fruto.

Em suma: preciso mudar a qualidade da minha semente. Preciso mudar a maneira como entendo o que é ser cristão, caso contrário, não estarei cumprindo a única ordenança dada por Jesus para a humanidade.


1

Pessoas

Posted by Juliane Oki Carraro on 04:02 in ,
Difícil de conviver, mas impossível viver sem elas!

Cada uma única e especial, que possui seu próprio caminho, que exerce um diferencial. Que são universos em si mesmas.

Como é complicado manter relacionamentos. Como é difícil se relacionar!

Somos seres completos em si. Não precisamos de outros para nos completar, apesar de muitas vezes acreditar que sim. Nos completamos em Deus, Ele é o único que pode nos satisfazer por completo. Então por que pessoas? Se elas não foram criadas para nos completar, então por que amizades e casamentos?

Apesar de nos completarmos somente em Deus, recebemos algo quando fomos criados a Sua imagem e semelhança, a necessidade de nos relacionar com iguais. Deus se relaciona em Sua trindade e nós necessitamos nos relacionar com outros seres humanos. Não para buscar nos completar, mas para compartilhar. Trocar vivencias, dividir sentimentos. Necessitamos ser aceitos, necessitamos nos sentir parte, nos sentir iguais!

O que complica em tudo isso, é que nossa natureza apesar de ter essa necessidade de relacionamento, também é extremamente egoísta, individualista e egocêntrica. Não nos conformamos em possuir amizades, buscamos ter propriedades! Nossa natureza criada para ser relacional, se tornou com a queda, uma natureza que busca seus próprios interesses e por necessitar se relacionar, também aprendeu a dominar.

Como isso é perigoso!
Perigoso porque essa tendência ao domínio é sutil. É algo que chega em nosso coração e não percebemos, e infelizmente quando percebemos, já é tarde, porque já transformou algo que era para ser puro e amável em algo interesseiro e egoísta. Quantas amizades sinceras podemos encontrar hoje? Quantos amigos já se foram por sermos tão egoístas e dominadores? Como mudar algo que está enraizado em nosso coração? Que faz parte da nossa natureza humana?

Simplesmente pelo agir de Deus em nós!
Somente Ele pode nos ensinar a amar. Somente por meio dEle podemos construir relacionamentos sinceros e amizades verdadeiras, porque Ele conheceu o incorruptível. Ele sabe qual é o modelo inicial. Ele foi homem, possuiu nossa natureza e mesmo assim não se corrompeu. Não viveu pelos seus próprios interesses. Não foi egoísta ou interesseiro. Mas amou. Se fez sacrifício em nosso lugar e não por esperar receber algo em troca, mas simplesmente por amar.

Esse amor é tão ilógico para nós.
É absurdo, porque caminha totalmente contra aos padrões que nossa natureza estabeleceu. É algo que nos assusta, que nos deixa inconformados, mas que ao mesmo tempo acende em nós uma esperança, esperança de voltarmos a sermos originais, pois sabemos que fomos criados para o relacional. Sabemos que esse amor faz parte da nossa criação original.

Que possamos buscar relacionamentos sinceros. Relacionamentos de amor! Não amor corruptível, que o mundo nos ensinou. Mas o amor que vai além de todas as coisas. O amor que a cruz nos revelou.

Porque quando entendemos esse amor, poderemos obedecer aos dois maiores mandamentos que Jesus nos deixou:

“Amarás o Senhor teu Deus de todo o teu coração, e de toda a tua alma, e de todo o teu pensamento. Este é o primeiro e grande mandamento. E o segundo, semelhante a este, é: Amarás o teu próximo como a ti mesmo.”

Mateus 22:35 – 37


Que Deus nos abençoe hoje e sempre.

Jubyss

0

Todas as coisas

Posted by Juliane Oki Carraro on 03:22 in
VERSÍCULO:

Sabemos que todas as coisas cooperam para o bem daqueles que
amam a Deus, daqueles que são chamados segundo o seu propósito.
-- Romanos 8:28

PENSAMENTO:

Coisas ruins acontecem na vida. Uma parte é devido a Satanás. Outra parte se deve aos nossos pecados e suas conseqüências. A rebelião contra Deus e a fraqueza espiritual naqueles que amamos nos trazem coisas dolorosas. Às vezes Deus até nos disciplina para nos acordar da letargia ou para corrigir algum problema pecaminoso nas nossas vidas. Mesmo assim, no meio de tudo isso, ainda temos uma promessa incrível: se amamos a Deus e estamos procurando honrar o seu chamado, nosso Pai do Céu usará todas as coisas que estão acontecendo nas nossas vidas para o nosso bem.


ORAÇÃO:

Pai, eu aprecio sua promessa de fazer com que todas as coisas,
boas ou más, cooperem para o meu bem. Eu lhe peço, querido Pai, por
fé para acreditar nesta promessa durante épocas difíceis e
dolorosas. Dê-me paciência para me apegar às minhas convicções
quando tribulações durarem. Eu acredito na sua promessa, querido
SENHOR, e espero ansiosamente pelo que o Senhor vai fazer em mim,
uma vez que tiver terminado sua obra na minha vida. No poderoso
nome de Jesus. Amém.

http://www.iluminalma.com.br/dph/4/0828.html





Devocional Para Hoje é um versículo bíblico diário, com um pensamento
e uma oração para focalizar a sua mente na Palavra de Deus e para
prepará-lo para o dia. O autor é Phil Ware
e vem do site da internet www.iluminalma.com. Visite
http://www.iluminalma.com para descobrir ainda mais para abençoar
a sua vida.

COMO É QUE EU ASSINO?
É GRATIS! Para assinar, envie um correio eletrônico para:
sub-iluminalma-dph@maillists.heartlight.org

1

O ato de Clamar

Posted by Marcelo Martin on 22:14 in
Ser cristão é maravilhoso! Principalmente porque aprendemos com o Mestre diariamente! Nestes dias frios do mês de julho, Deus tem me ensinado sobre o ato de clamar. Clamar significa gritar; bradar; exclamar. E é isso que Ele espera de nós: "Clama a mim, e responder-te-ei, e anunciar-te-ei coisas grandes e firmes que não sabes" Jeremias 33:3. Como "bons cristãos", sabemos este versículo desde o "novo nascimento". Porém, na hora de praticá-lo, invertemos a ordem de quem faz as ações. Ou seja, quem responde e anuncia coisas grandes e firmes é Deus e não o homem! Este trabalho é de Deus. E nós, como bons humanos, achamos que, com nossas forças, podemos fazer alguma coisa. Ou melhor: que por merecimento recebemos alguma coisa da parte de Deus. Tentamos, de todas as formas, adequar nosso comportamento a um estereotipo de uma pessoa perfeita, ou seja, sem defeito, para que assim possamos ser aceitos por Deus. Puro engano!
A única parte que nos cabe é clamar! Na posição de clamante, não há necessidade de ser perfeito. Mesmo porque devido ao pecado de Adão, "todos pecaram e destituídos estão da glória de Deus" Romanos 3:23. Na posição de clamante, a tarefa é simplesmente clamar! Explicando: é entregar a Deus o que você realmente tem e não o que você acha, pensa ou diz para as pessoas que tem! Às vezes, seu clamor será ler apenas um versiculo por dia. Ou orar 5 minutos ao dia. O importante é que você entregue o seu clamor a Deus! E a partir do seu clamor, Deus o transforma em respostas e anuncios de coisas grandes e ocultas que ainda não sabes! A parte miraculosa do clamor é de Deus! A nossa é apenas clamar! Mas precisa haver clamor!
Que Deus restaure o clamor nos nossos lábios!

1

Revestindo-nos de Cristo

Posted by Juliane Oki Carraro on 12:36 in

Na plena aceitação de quem Ele era, Jesus é o arquétipo da integração da personalidade. Quando nos "revestimos de Cristo" e plenamente aceitamos quem somos, desenvolve-se uma independência saudável em relação às pressões do grupo, ao desejo de agradar as pessoas e ao respeito humano. As preferências e os valores de Cristo passam a ser os nossos. O Reino de Deus é construído na terra quando fazemos a vontade de nosso Pai no céu. Tornamo-nos "outros Cristos" por meio de uma vida de integridade cristã. A mesma abertura diante dos sentimentos, a mesma simplicidade no falar, a mesma intimidade com o Pai, o mesmo espírito de serviço humilde, a mesma cura compassiva, o mesmo discipulado sofredor e o mesmo amor obediente são operados em nós pelo Paráclito e são precisamente o que Paulo quer dizer com "nova criação".


Fui crucificado com Cristo. Assim,
já não sou eu quem vive, mas Cristo
vive em mim. A vida que agora vivo
no corpo, vivo-a pela fé no Filho de Deus,
que me amou e se entregou por mim.

Gálatas 2:20


Extraído do livro: Meditações para Maltrapilhos, o melhor de Brennan Manning

1

Porque Deus amou...

Posted by Juliane Oki Carraro on 22:28 in , ,
video

...ao mundo de tal maneira que enviou seu Filho Unigênito para que todo aquele que nEle crê não pereça, mas tenha a vida eterna. 

João 3:16

11

O Silencio de Deus

Posted by Marcelo Martin on 18:00 in , , ,

Todo final do ano Deus concede a minha familia uma oportunidade unica de viajarmos. Este ano, apos muita discussao, decidimos ir a Arraial do Cabo, no Rio de Janeiro, onde ha praias lindissimas e pouco exploradas pelos seres humanos. Quando chegamos la, as tonalidades de azul da agua do mar nos deixaram atonitos e nos fizeram louvar as maravilhas do Senhor. Mas eu nao imaginava o que havia "abaixo" daquelas cores e agua.

Um grande amigo que viajou conosco levou um aparelho de mergulho amador e me ensinou um pouco sobre como mergulhar. E eu tive o privilegio de mergulhar pela primeira vez! No primeiro momento, mergulhamos perto da praia e nao pudemos ver muita coisa, apenas alguns peixes prateados e muitas aguas-vivas. Mas depois decidimos ir um pouco mais afundo, e confesso a voces que parecia que estavamos no desenho "Procurando Nemo". A sensacao era com se tivessemos que pedir licenca aos peixes, pois haviam muitos e de diversas cores. E mais uma vez louvei ao Senhor pelas suas maravilhas.

Mas o que mais me chamou atencao foi o silencio do fundo mar. E como se voce escutasse apenas a sua respiracao na imensidao do oceano. E foi la que eu refleti um pouco sobre o silencio de Deus. Muitas vezes, Deus quer que apenas apreciamos a sua criacao, ou melhor, o seu agir. Nao foi preciso ouvir nada ou falar nada para saber que naquele oceano havia VIDA. Ha momentos que nao precisa de palavras; a presenca Dele basta!

Que Deus nos ajude,

Copyright © 2009 BLOG DA KUMBUKA All rights reserved. Theme by Laptop Geek. | Bloggerized by FalconHive.